CRA Realiza Quarta Edição do Evento

O CRA realizou no dia 05 de Dezembro, em Maputo, a quarta edição do Evento Anual de Lançamento do Relatório Anual e de Premiação de Desempenho das Entidades Reguladas. No Evento foi reiterada a intenção do CRA promover um serviço público de abastecimento de água contínuo e em constante melhoria, sendo que a comparação de desempenho e respectivo posicionamento das empresas, é visto pelo Regulador como um instrumento importante para o estímulo do melhor desempenho das entidades provedoras, cuja avaliação integral consta do Relatório lançado. Por outro lado, o CRA tomou a oportunidade para apresentar às entidades reguladas os resultados da avaliação de pares de que o Regulador foi sujeito em Agosto último, cujo Relatório de Avaliação também foi disponibilizado.

Na mesma ocasião, foi reconhecido e premiado o desempenho em quatro categorias, nomeadamente: Melhor Incremento do Desempenho, Sustentabilidade da Empresa, Qualidade do Serviço e Melhor Desempenho Geral. Para o ranking das empresas no contexto destas categorias, o CRA recorre a análise da performance das empresas, com base em indicadores de desempenho e valores de referência previamente acordados com as entidades reguladas no âmbito dos Contrato de Cessão para as águas da Região de Maputo e Quadros Regulatórios para as restantes. Assim, com o melhor desempenho ficou o sistema do FIPAG Área Operacional de Maxixe; o melhor incremento de desempenho coube ao sistema FIPAG - Área Operacional de Nampula; com a melhor qualidade de serviço qualificou-se o Sistema do FIPAG - Área Operacional de Inhambane, e, finalmente, a Área Operacional da Beira posicionou-se como a empresa com melhor Sustentabilidade. Estiveram presentes no Evento representantes regionais de todas as Entidades Reguladas, do FIPAG, representantes da AIAS e parceiros de Cooperação.

No evento, o CRA, através do Presidente do Conselho de Regulação, realçou os desafios actuais na provisão do serviço de água às grandes cidades, nomeadamente, o desafio que emerge "do enorme crescimento da cobertura, em particular nas periferias, que não foi acompanhado de investimento em novas fontes de água" e o da "erosão crescente da actualidade das tarifas", nomeadamente desde 2012". Contudo, foi também exortado para que, na falta de investimento, melhor eficiência na gestão seja privilegiada, designadamente, com a redução de níveis de água não contabilizada.

.



NOTÍCIA
Newsletter
O CRA

CONSUMIDOR

GESTÃO DELEGADA

SERVIÇO REGULADO

Webmail
Lançamento do Relatório e Premiação das Entidades Reguladas
Digite o Seu Email